quarta-feira, 23 de junho de 2010

Uma de filosofias...

Não sei se o que estou fazendo é certo ou errado

Se é certo se entregar, errado desistir...
se tudo não passa de um grande engano
de uma mente fora de si

Se tudo não passa de um abrir dos olhos final

Não sei se posso dizer que estou confusa;
estou?

O mundo parece girar em um compasso
totalmente descompassado ao meu,
e não me dá tempo de tentar sincronizar nossas melodias

Tudo passa tão rápido,
é tão depressa..
não dá tempo de pensar

Pensar no que faço,
no que fiz,
no que farei

Impulso vivencial

Nada sei

Só sei que estou tentando.



(nada disso é pessoal. sério. só é resultado de uma mente aberta e sem muito do que fazer)

Um comentário:

  1. And why should I believe in that? You should have told me, now I discovered by other person and... We need to talk.

    ResponderExcluir

"Tão estranho carregar uma vida inteira no corpo, e ninguém suspeitar dos traumas, das quedas, dos medos, dos choros." Caio F

Deixe teu comentário mais sincero. Críticas, elogios e depoimentos pessoais são muito bem vindos! Obrigada por ler meus escritos :)