quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Uma vida

Os dias passavam, e numa mesmice inquietante ela via o tempo perdido...
Planos falhos, ideias erradas e cartas rasgadas...
Ainda não chegara sua vez de vencer na vida...
Ela seguia tentando... e chorando... e temendo...
Seu grande medo consumia as horas:
Será que em algum momento o meu dia vai chegar?




Nunca chegou.



Os dias não são nossos; são do mundo. O planeta e suas órbitas não conspiram por uma vida, somente uma alma pode mudar outra. Os dias não nos pertencem... mas a nossa vida, sim. Ela é nossa, e cabe a nós decidir se ela vai valer a pena... ou não.

10 comentários:

  1. Linda forma de pensar...
    Há que se aproveitar os instantes sem tê-los.

    ;D

    ResponderExcluir
  2. http://descansandoamente.blogspot.com/19/1/11 14:06

    Bonito texto, seu blog também é lindo.
    http://descansandoamente.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Muito bonito seu texto, e me identifiquei muito com ele, principalmente na parte que você fala que a vida é nossa e que nós decidimos se ela vai valer a pena ou não.

    http://instantevivido.blogspot.com

    Beijos.:*

    ResponderExcluir
  4. Então tu não és de Porto Alegre? Eu nasci em São Luís - MA, porém me mudei pro interior quando tinha 3 anos, e morei lá até os 13. Hoje sempre visito, considero um refúgio (e lá tem meus avós me babando com o netinho legal que eu sou, hahaha). Ou seja, eu entendo seu sentimento por outra cidade, a emoção. :)

    Na verdade, acho que nem precisa ser uma cidade, um ambiente diferente. Qulquer lugar pode ter sua magia. Eu consigo lembrar aqui de um punhado de lugares que emocionam...

    Tô adorando ver que você escreve com frequência. :)
    Esse popost atual me lembrou de algo que eu penso...
    Eu acredito MUITO na ideia de que a vida de qualquer um varia imensamente sob diferentes perspectivas. Não sei se consegui explicar muito bem, mas é assim: Tu já viste um filme chamado "Melinda & Melinda", de Woody Allen? Nele ele conta a mesma história em forma de drama e em forma de comedia. É mais ou menos isso. :)

    Um beijo!

    ResponderExcluir
  5. Flor adorei o texto
    realmente ''os dias não nos pertencem... mas a nossa vida, sim''
    bjoss

    ResponderExcluir
  6. obrigado pela visita... volta sempre... todo dia tem uma poesia nova... fico feliz que tenha gostado..
    forte abraço...

    http://www.publicidadepublicando.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. sÓ O Q realmente nos pertence são nossas vidas e nossas escolhas!

    Beijão!

    ResponderExcluir

"Tão estranho carregar uma vida inteira no corpo, e ninguém suspeitar dos traumas, das quedas, dos medos, dos choros." Caio F

Deixe teu comentário mais sincero. Críticas, elogios e depoimentos pessoais são muito bem vindos! Obrigada por ler meus escritos :)